Roda de Cura/Centauros Feridos

Arte, saúde e seres híbridos: transgressões e integrações de fronteiras

O doce afago de cada dia

Leave a comment

Adicione suas ideias aqui… (opcional)

Fãs da Psicanálise

(Rogério C. Migliorini)

abraco

Ontem eu vi a seguinte cena: um garoto pequeno, a irmã um pouco mais velha e a mãe descendo uma ladeira. O menino e a irmã resolveram apostar corrida aproveitando o declive. A mãe, praticamente quieta, só falou pra eles terem cuidado.

No fim de quase um quarteirão, acidentalmente o menino tropeçou no calcanhar da irmã que ia à frente. Para evitar a queda, tentou manter o equilíbrio, mas caiu assim mesmo. No entanto, o tombo não foi feio, já que a ladeira não era tão íngreme. Também não ocorreu o pior porque parte da sua tentativa meio desesperada e meio instintiva pra evitar a queda deu certo. Contudo, ele se ralou um pouco, e começou a chorar.

A mãe o acudiu, porém estava serena, visto que o estrago fora pequeno. Com a cabeça do garoto no colo, valorizou a tentativa dele para não cair. Disse ao…

View original post 270 more words

Advertisements

Author: roda de cura

Um ex-artista de dança interessado na transgressão e integração de fronteiras pela arte. A former dancer interested in trespassing of boundaries and unification of differences through art.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s